Her Morning Elegance

QuarterPastWonderful — more music on: http://www.orenlavie.com
View the video broken apart to its 2096 still frames: http://www.hmegallery.com

Google troca logo por trintão Pac-Man

A home do Google.com, a página mais acessada do mundo, não exibe hoje a logomarca do Google, mas uma versão online do game Pac-Man.
A mudança é uma referência ao 30º aniversário da criação do clássico game, originalmente chamado de Pakkuman por seu criador, o japonês Tohru Iwatani.
O programador Iwatani criou o game há exatas três décadas, quando trabalhava para a Namco. 
O jogo chegou aos Estados Unidos após ser licenciado para Midway, responsável por massificar o acesso ao game no mundo e torná-lo um dos jogos mais populares de todos os tempos.
Pac-Man tornou-se uma febre nos anos 80, quando foi licenciado para várias plataformas. Uma das versões mais conhecidas do game é a distribuída para Atari, na mesma década.
O logo exibido hoje pelo Google permite jogar o game usando as setas do teclado do PC. Sons são reproduzidos normalmente e o usuário pode passa de fase quando “come” todos os pontinhos da tela, como nos tempos do Atari. Ao todo, o game disponível online tem mais de 250 fases e ficará disponível por 48 horas.

Empire State of Mind

Não canso de ouvir…

[Jay-Z]
yeah
Yeah I’m out that Brooklyn.
Now I’m down in Tribeca.
Right next to DeNiro
But I’ll be hood forever
I’m the new Sinatra
And since I made it here
I can make it anywhere
(Yeah they love me everywhere)
I used to cop in Harlem
All of my Dominicanos (Hey yo)
Right there off of Broadway
Brought me back to that McDonalds
Took it to my stash spot
560 State Street
Catch me in the kitchen like Simmons whipping Pastry
Cruising down 8th street
Off-white Lexus
Driving so slow
(but BK, it’s from Texas!!)
Me I’m out that BedStuy
Home of that boy Biggie
now I live on Billboard
and I brought my boys with me
Say what up to Ta-ta
Still sipping Mai Tais
Sitting courtside
Knicks and Nets give me high-5
N**ga, I be Spiked out
I could trip a referee
…tell by my attitude that I’m MOST DEFINITELY FROM…

[Alicia Keys]
New York!!!!
Concrete jungle where dreams are made of,
There’s nothing you can’t do,
Now you’re in New York!!!
These streets will make you feel brand new,
the lights will inspire you,
Let’s hear it for New York, New York, New York

[Jay-Z]
I made you hot n-gga,
Catch me at the X with OG at a Yankee game,
sh-t I made the Yankee hat more famous than a Yankee can,
you should know I bleed Blue, but I ain’t a crip tho,
but I got a gang of n-ggas walking with my clique though,
welcome to the melting pot,
corners where we selling rocks,
Afrika bambaataa sh-t,
home of the hip hop,
yellow cab, gypsy cab, dollar cab, holla back,
for foreigners it ain’t fitted act like they forgot how to act,
8 million stories out there and they’re naked,
city it’s a pity half of y’all won’t make it,
me I gotta plug a special and I got it made,
If Jeezy’s payin LeBron, I’m paying Dwayne Wade,
3 dice cee-lo
3 card marley,
Labor Day parade, rest in peace Bob Marley,
Statue of Liberty, long live the World Trade,
long live the king yo,
I’m from the Empire State thats…

[Alicia Keys]
In New York!!!!
Concrete jungle where dreams are made of,
There’s nothing you can’t do,
Now you’re in New York!!!
These streets will make you feel brand new,
the lights will inspire you,
Let’s hear it for New York, New York, New York

Welcome to the bright light..

[Jay-Z]
Lights is blinding,
girls need blinders
so they can step out of bounds quick,
the side lines is blind with casualties,
who sip the lite casually, then gradually become worse,
don’t bite the apple Eve,
caught up in the in crowd,
now you’re in-style,
and in the winter gets cold en vogue with your skin out,
the city of sin is a pity on a whim.
good girls gone bad, the city’s filled with them,
Mommy took a bus trip and now she got her bust out,
everybody ride her, just like a bus route,
Hail Mary to the city your a Virgin,
and Jesus can’t save you life starts when the church ends,
came here for school, graduated to the high life,
ball players, rap stars, addicted to the limelight,
MDMA got you feeling like a champion,
the city never sleeps better slip you a Ambien

[Alicia Keys]
New York!!!!
Concrete jungle where dreams are made of,
There’s nothing you can’t do,
Now you’re in New York!!!
These streets will make you feel brand new,
the lights will inspire you,
Let’s hear it for New York, New York, New York

[Alicia Keys]
One hand in the air for the big city,
Street lights, big dreams all looking pretty,
no place in the World that can compare,
Put your lighters in the air, everybody say yeaaahh
come on, come,
yeah,

[Alicia Keys]
New York!!!!
Concrete jungle where dreams are made of,
There’s nothing you can’t do,
Now you’re in New York!!!
These streets will make you feel brand new,
the lights will inspire you,
Let’s hear it for New York, New York, New York

[End]

Google homenageia Tchaikovsky

Hoje, 7 de maio de 2010, comemora-se o aniversário do grande compositor Pietr Ilyitch Tchaikovsky, nascido em 1840, em Votkinsk – hoje pertencente à República Autônoma de Udmurtes, Rússia. Tchaikovsky é responsável por o “Quebra Nozes, um dos três balés que compôs. O compositor morreu em 6 de novembro de 1893, aos 53 anos, ao contrair cólera depois de beber um copo de água não fervido.

Outro balé (dramático) famoso do compositor é o  Lago dos Cisnes (Print do doodle do Google acima). Sua estreia ocorreu no Teatro Bolshoi em Moscou no dia 20 de fevereiro de 1877, sendo um fracasso não por causa da música, mas sim pela má interpretação da orquestra e dos bailarinos, assim como a coreografia e a cenografia. O balé foi encomendado pelo Teatro Bolshoi em 1876 e o compositor logo começou a escrevê-lo.

Google homenageia Tchaikovsky por seu 170°aniversário. Na entrada do site de busca, ao invés de seu logo, esta imagem acima lindíssima! Se você olhar bem, os passos das bailarinas formam a palavra Google, e o casal a letra g.
Pelo Lago dos Cisnes, A Bela Adormecida e o Quebra Nozes… HAPPY BIRTHDAY!

Lembranças…

A vida vai passando as vezes fazemos escolhas certas outras erradas e com o passar do anos o que nos resta…apenas lembranças dos momentos felizes que vivemos…sonhos que não realizamos…amores perdidos…e no peito a dor lacivante da saudade…de uma pessoa, um lugar, uma voz…

Drummond

“A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.”
(Carlos Drummond de Andrade)

Brideshead Revisited

BRIDESHEAD – DESEJO E PODER   Brideshead Revisited. Reino Unido, 2008. Direção: Julian Jarrold. Com: Emma Thompson, Michael Gambon e Mathew Goode. 133 min.
Baseado no livro de Evelyn Waugh, o filme conta a história de um jovem que se aproxima de um aristocrata, em 1920, e se apaixona por sua irmã.

Every day is the 1st day of the rest of your life. Whether we don’t do enough or we did negative, it’s all in past. Do today try to forget yesterday…

Le Jazz: um francês bom e barato

A casa apresenta pratos de bistrô em espaço agradável e a preços razoáveis

O pequeno salão: lugar aconchegante para provar receitas saborosas

Projeto de dois amigos, o Le Jazz Brasserie foi aberto no início do mês passado. Quem recebe a clientela é Gil Carvalhosa Leite, formado em hotelaria na Suíça e ex-gerente de restaurantes em hotéis de luxo do exterior. O sócio Chico Ferreira, cozinheiro autodidata e ex-chef do extinto bufê Romã, encarregase dos fogões. Ao som de boa trilha de jazz, desfilam pelo pequeno salão clássicos da cozinha francesa. Além de afinados, têm preços razoáveis. Gastam-se, em média, 50 reais por refeição.
A terrine de campagne (R$ 12,00), uma das sugestões de entrada, leva diferentes peças de carne de porco mais pistache. De sabor marcante, o tutano assado (R$ 10,50) mostra-se untuoso e vem na companhia de torradas. Na lista de pratos principais, o delicioso hachis parmentier (R$ 23,50) assemelhase a um escondidinho. Feito de dois terços de rabo e um terço de músculo bovinos, recebe purê de batata por cima e vai ao forno para gratinar coberto de migalhas de pão, o que lhe confere uma nota crocante. Salada verde e pepino em conserva fazem o papel de guarnição. Servido malpassado, o peito de pato ao molho de vinagre balsâmico chega junto de pera, purê de batata e espinafre (R$ 39,00). As opções salgadas do cardápio incluem ainda quiches e sanduíches.
Para a sobremesa, reserve a torta de pera ao creme de amêndoa (R$ 10,00) ou o clafoutis, uma espécie de torta rústica de cereja e amora (R$ 12,00). Ambos são escoltados por sorvete de baunilha elaborado na casa. Os rótulos incluídos na carta de vinhos estão a preços atraentes, caso do francês tinto Château Bel Air 2007 (R$ 65,00). O Le Jazz oferece água filtrada em jarrinhas e não cobra por ela, atitude muito simpática e rara entre os restaurantes da cidade.

Le Jazz Brasserie. Rua dos Pinheiros, 254, Pinheiros, ☎ 2359-8141 (38 lugares). 12h/15h30 e 20h/0h (sáb. almoço 13h/17h; dom. só almoço 13h/17h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 10,00). Couvert: R$ 4,50. www.lejazz.com.br Aberto em 2009.

O Mundo Mágico de Marc Chagall

Marc Chagall chega em gravuras ao Masp

Faceta menos conhecida do pintor em cartaz no Masp. Entre as obras, uma endereçada a Mário de Andrade.
Ao Meio-Dia, o Verão, da série Dafne e Cloé: obra de um colorista brilhante

 

Por pouco o público paulistano não perdeu a chance de conferir O Mundo Mágico de Marc Chagall. Até algumas semanas atrás, a mostra, que passou por Belo Horizonte e Rio de Janeiro, não viria à cidade. “No último momento, um patrocinador viabilizou”, comemora Teixeira Coelho, curador-chefe do Masp. A exposição aporta em São Paulo menor, sem os óleos vistos por mineiros e cariocas. Ainda assim, é ampla: são 178 gravuras pertencentes a coleções particulares francesas e brasileiras. Elas revelam outra faceta do pintor Marc Chagall, nascido em 1887 na cidade de Vitebsk, atual Bielo-Rússia, e morto em 1985. Grande parte das peças integra três ciclos: As Fábulas de La Fontaine, A Bíblia e Dafne e Cloé. Há também alguns trabalhos sem vinculação a essas séries, inclusive uma obra com uma dedicatória inusitada: “Ao meu amigo desconhecido Mário de Andrade”. “Provavelmente um colega de ambos intermediou a compra e pediu para Chagall dedicá-la”, diz o curador Fábio Magalhães.

Os conjuntos As Fábulas de La Fontaine e A Bíblia, dos anos 30 e 40, foram encomendados pelo célebre marchand francês Ambroise Vollard, mantenedor, entre outros, de Picasso e Van Gogh. Dafne e Cloé é uma criação da maturidade de Chagall, que ficou um tempo na Grécia estudando a luminosidade do lugar. A formidável série, executada a partir de estudos com guache, chegou a exigir 25 pedrasmatrizes em uma única peça. Tudo para alcançar as cores luxuriantes desejadas pelo artista.

« Older entries Newer entries »