Espumante

promanadechandon2009-430x174
PROMENADE CHANDON 2009 Com investimento de R$ 2,5 milhões, será realizada neste domingo a terceira edição do Promenade Chandon, evento que reúne cultura, arte, moda e gastronomia nas proximidades das ruas Haddock Lobo, Oscar Freire e Bela Cintra. Entre as atrações, há apresentação do Balé da Cidade de São Paulo, além de shows de música e marionetes. Lojas da região recebem visitantes com decoração especial e surpresas. Também participam restaurantes. Neste ano, a região recebe cenografia de Daniela Thomas, que transformará as ruas do circuito num típico boulevard francês, com detalhes que remetem ao charmoso país da europa e o belo convite é assinado por Isabell Tuchband.
O programa completo está em www.promenadechandon.com.br.

The September Issue

 

the_september_issue

www.theseptemberissue.com

Muito aguardado no meio da moda, o documentário “The September Issue” estreia hoje em Nova York contando os bastidores da produção do número de setembro de 2007 da “Vogue” americana, edição que se tornou “histórica” devido ao recorde de 840 páginas -a maioria de publicidades.
O filme concentra sua atenção no comando da revista, a cargo da famosa editora Anna Wintour, a mesma que inspirou “O Diabo Veste Prada”.

Já ganhou

Beyonce - Single LadiesO ano ainda não acabou, mas a revista “Billboard” já elegeu a mulher do ano: Beyoncé . A cantora, que se apresentou na cerimônia de posse do presidente Barack Obama e emplacou o hit “Single Ladies”, será homenageada no evento anual “Women in Music”, em outubro, em NY.

Estreias da semana

AnticristoOs Normais 2Amantes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ANTICRISTO Antichrist. Dinamarca/Alemanha/França/Suécia/Itália/Polônia, 2009. Direção: Lars von Trier. Com: Willem Dafoe, Charlotte Gainsbourg. 104 min. Não recomendado para menores de 18 anos.
Lars von Trier volta a cadeira de diretor depois de um hiato de alguns anos, enquanto se recuperava de uma fase depressiva e de crise criativa. O diretor polemizou e dividiu público e crítica com seu Anticristo. Willem Dafoe e Charlotte Gainsbourg vivem um casal que, tentando superar uma experiência traumática, se isola em uma cabana, onde estranhos acontecimentos parecem se tornar rotina. Anticristo rendeu o prêmio de melhor interpretação feminina para Gainsbourg, e ainda foi indicado ao prêmio máximo do festival, a Palma de Ouro.

OS NORMAIS 2 Idem. Brasil, 2009 . Direção: José Alvarenga Jr. Com: Luiz Fernando Guimarães, Fernanda Torres . 75 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Depois de uma série bem sucedida e um filme, Fernanda Torres e Luiz Fernando Guimarães retornam na pele dos incorrigíveis Rui e Vani, casal “normal” que vive agora, segundo o subtítulo do filme, a noite mais maluca de todas. A noite em questão acontece quando ambos decidem que é hora de apimentar o longo noivado de 13 anos com um ménage à trois. O problema é escolher a terceira pessoa para dividir a cama com os dois, e por ela passarão Drica Moraes, Danielle Winits, Claudia Raia, Alinne Moraes e Daniele Suzuki. Roteiro de Fernanda Young e Alexandre Machado, profissionais que sempre estiveram envolvidos com a extinta série.

AMANTES Two Lovers. EUA, 2008. Direção: James Gray . Com: Joaquin Phoenix, Gwyneth Paltrow, Isabella Rossellini, Vinessa Shaw, Moni Moshonov, John Ortiz. 110 min.
Indicado à Palma de Ouro no Festival de Cannes, o filme apresenta Phoenix como um homem introspectivo que ainda vive sob a guarda de seus pais e trabalha na empresa da família. Quando conhece a filha do futuro sócio de seu pai e uma nova vizinha, fica dividido entre os possíveis dois amores.

Dance, dance, dance

Dois dos prazeres da vida: boa música e dançar !!
Relaxa o corpo e a mente !! E não tem barreiras: une as pessoas, independente de sexo, idade, cor e religião.

Um dos melhores que assisti nos últimos tempos !!

Aos que curtiram segue o link oficial: http://www.wherethehellismatt.com

… e a letra da música (em inglês):

Stream Of Life  (by Rabindranath Tagore)

The same stream of life that runs through my veins night and day
runs through the world and dances in rhythmic measures.It is the same life that shoots in joy through the dust of the earth
in numberless blades of grass
and breaks into tumultuous waves of leaves and flowers.

It is the same life that is rocked in the ocean-cradle of birth
and of death, in ebb and in flow.

I feel my limbs are made glorious by the touch of this world of life.
And my pride is from the life-throb of ages dancing in my blood this moment.

Três (Adriana Calcanhoto)

Adriana Calcanhoto
Maré
Sony/ BMG

Não é de hoje que Adriana Calcanhoto figura entre as mais criativas talentosas cantoras brasileiras. Esse disco só reafirma a teoria. Doçura, letras inteligentes, instrumental perfeito e uma música envolvente. Não existe “porém” nesse trabalho. “Três” é um tango bossa nova que conquista qualquer cidadão de bem. “Porto Alegre (Nos Braços do Calypso)” lembra o primeiro disco do The Wailers, aquele ska inocente e alegre que só ganha com a voz da cantora. Além do talento de Adriana, as parcerias desse disco atestam de vez a qualidade. Nomes como Arnaldo Antunes, Bebel Gilberto, Kassin, Caetano Veloso e outros tão grandes como esses.

(Nota 10)

Ouça a música “Três”:

Um
Foi grande o meu amor
não sei o que me deu
quem inventou fui eu
fiz de você o sol
da noite primordial
e o mundo fora nós
se resumia a tédio e pó
quando em você tudo se complicou.

Dois
se você quer amar
não basta um só amor
não sei como explicar
um só sempre é demais
pra seres como nós
sujeitos a jogar
as fichas todas de uma vez
sem temer naufragar
não há lugar pra lamúrias
essas não caem bem
não há lugar pra calúnias
mas por que não
nos reinventar.

Três
eu quero tudo o que há
o mundo e seu amor
não quero ter que optar
quero poder partir
quero poder ficar
poder fantasiar
sem nexo e em qualquer lugar
com seu sexo junto ao mar.

Momento MATRIX em Caminho das Índias

Depois de conversar com Haroldo e perceber que o marido não irá perdoá-la pela traição, Nanda se desespera e decide colocar um fim na chantagem de Mike (que ela conhece com Eric). Com o revólver de Haroldo em mãos, ela vai até o hotel de Mike.

Ao entrar no quarto, Nanda tem uma surpresa. Yvone está ali. A golpista nem deixa a “amiga” desconfiar de nada e vai logo explicando: “Descolei o endereço dele na livraria e vim… Esse canalha não volta atrás! Diz que não volta!” Yvone tenta convencer Nanda a ir embora, mas ela decide tirar o revólver da bolsa e ameaçar Mike. O golpista tenta acalmar Nanda, mas ela está desesperada: “As gravações todas! Todas aqui. Você falou que tinha outra guardada em outro lugar. Liga pra pessoa, manda trazer aqui. Agora! Mike começa a enrolar Nanda e ela fica cada vez mais inquieta. Yvone entra no circuito e tenta tirar a arma da mão de Nanda. Nesse momento, Mike faz um movimento e Nanda acaba atirando sem querer.

Ao entrar no quarto, Nanda tem uma surpresa. Yvone está ali. A golpista nem deixa a “amiga” desconfiar de nada e vai logo explicando: “Descolei o endereço dele na livraria e vim… Esse canalha não volta atrás! Diz que não volta!” Yvone tenta convencer Nanda a ir embora, mas ela decide tirar o revólver da bolsa e ameaçar Mike. O golpista tenta acalmar Nanda, mas ela está desesperada: “As gravações todas! Todas aqui. Você falou que tinha outra guardada em outro lugar. Liga pra pessoa, manda trazer aqui. Agora! Mike começa a enrolar Nanda e ela fica cada vez mais inquieta. Yvone entra no circuito e tenta tirar a arma da mão de Nanda. Nesse momento, Mike faz um movimento e Nanda acaba atirando sem querer.

Quando a chuva passar…

Pra quê falar
Se você não quer me ouvir?
Fugir agora não resolve nada

Mas não vou chorar
Se você quiser partir
Às vezes a distância ajuda
E essa tempestade um dia vai acabar

Só quero te lembrar
De quando a gente andava nas estrelas
Nas horas lindas que passamos juntos 
A gente só queria amar e amar
E hoje eu tenho certeza
A nossa história não termina agora
Pois essa tempestade um dia vai acabar

(Refrão)
Quando a chuva passar
Quando o tempo abrir
Abra a janela e veja eu sou o sol
Eu sou céu e mar
Eu sou céu e fim
E o meu amor é imensidão

Só quero te lembrar
De quando a gente andava nas estrelas
Nas horas lindas que passamos juntos
A gente só queria amar e amar
E hoje eu tenho certeza
A nossa história não termina agora
Pois essa tempestade um dia vai acabar

Brüno é a cara de São Paulo

brunoPara quem quiser entrar no clima “in” do longa, um sucesso de bilheteria nos Estados Unidos, o Guia selecionou 13 lugares com a cara de Bruno e que certamente ele visitaria se viesse a São Paulo. Prepara-se para encontrar muito carão, celebridades e o povo da moda.
Ah, não gostou?
“Hallo-ow”?

BARES

3P4

Com fotografias em preto e branco de top models espalhadas pelas paredes, o restaurante passou por uma reforma e reabriu há uma semana como “night club”. Socialites, celebridades e pessoas ligadas ao mundo da moda dão pinta por lá. Às quintas, quando o DJ residente, Valter Winkler, toca house, vá despreocupado e termine a noite por lá mesmo. Já aos sábados, a casa funciona como um aquecimento para a balada.
Por que Bruno iria?
Para beber o drinque Amir Slama (R$ 30), com champanhe, suco de laranja e maracujá, gengibre e pimenta dedo-de-moça, servido num copo com gelo seco. É muito “in”. Quem sugere é Vitor Mateus, 32, gerente da casa.
www.3p4.com.br
R. Bandeira Paulista, 676, Itaim Bibi, tel. 3078-0288. 130 lugares. Ter. a qui.: 20h à 1h. Sex. e sáb.: 20h às 2h. CC: AE, D, M e V. Estac. c/ manob. (R$ 15-convênio). Reserva p/ tel. 2122-4051.

VOLT

Point de moderninhos e descolados, é um dos bares favoritos dos fashionistas que frequentam o Baixo Augusta. Se a fome bater, o sanduíche vegetariano é a pedida que não compromete a galera preocupada com a boa forma. Com berinjela e abobrinha grelhadas, rúcula e tomatinho assado, sai por R$ 19,80. Eventualmente, o local se transforma em boate para abrigar festas como a Sala Especial.
Por que Bruno iria?
Os néons espalhados pelo bar, o espelho gigante em uma das paredes e os garçons descolados vão fazer a cabeça do apresentador de TV austríaco.
www.barvolt.com.br
R. Haddock Lobo, 40, Cerqueira César, região oeste, tel. 2936-4041. 100 pessoas. Seg. a qua.: 19h30 à 0h30. Qui.: 19h30 à 1h30. Sex. e sáb.: 19h30 às 2h30. Preço: R$ 7 (cerveja long neck Stella Artois). CC: D, M e V.

DRY

Com drinques para quem gosta e entende de bebida, o pequeno bar é famoso por seus martínis. A carta oferece 17 versões. Cada vez mais badalado, reúne a alta sociedade e pessoas influentes. Às segundas, esporadicamente, rola uma minibalada.
Por que Bruno iria?
Para beber uma dose do clássico dry martíni, que sai por R$ 24.
www.drybar.com.br
R. Pe. João Manuel, 700, Cerqueira Cesar, região oeste, tel. 3729-6653. 50 lugares. Seg. a sex.: a partir das 19h. Sáb.: a partir das 20h. Preço: R$ 10 (cerveja long neck Cerpa). CC: AE, D, M e V. Valet (R$ 13).

CLUBES

MOKAÏ

Modelos e celebridades, em meio a anônimos endinheirados, se divertem e fazem pose ao som de música eletrônica pesada, turbinados com muita vodca e energético. Destaque para o corredor que leva à pista: uma passarela onde a mulherada desfila roupas de grife e decotes generosos. Os camarotes custam de R$ 2.000, para quatro pessoas, a R$ 5.000, para dez. O dia de maior ferveção é a sexta. Aos sábados, caravanas do interior e uma galera mais jovem desembarcam na boate. Hoje (dia 14), amanhã (15/8) e quarta (dia 19), a house é conduzida pelo residente Lucky.
Por que Bruno iria?
O clube é o local ideal para o apresentador fazer as entrevistas hilárias para o seu programa de TV. Não tem como errar!
www.mokai.com.br
R. Augusta, 2.805, Cerqueira César, região central, tel. 3081-3103. 450 lugares. Proibido para menores de 21 anos. Qua., sex. e sáb.: a partir das 24h. Ingr.: R$ 60 a R$ 350. CC: AE, D, M e V. Valet (R$ 25).

BAR SECRETO

Já nem é mais tão secreto assim, mas ainda mantém algum mistério. Só entram pessoas conhecidas dos donos ou as que forem aprovadas pela hostess. Frequentado inicialmente por artistas, celebridades e pelo povo da moda, o bar que, na verdade, é uma boate, tem atraído cada vez mais playboys. O segundo andar abriga uma área superVIP, separada do resto da casa por uma cortina que inibe os “normais”. Não divulga horários e dias de funcionamento.
Por que Bruno iria?
Quem busca a fama não deixaria de dar uma passada lá, afinal, Madonna e Michael Stipe, vocalista do R.E.M., já marcaram presença no local. R. Álvaro Anes, 97, Pinheiros, região oeste, s/ tel. Valet (R$ 12).

GLÓRIA

Reduto de fashionistas, é o clube que trouxe de volta a montação para a noite paulistana, com o falecido projeto Vai!. O erro maior é não exagerar no modelão nas noites em que rolam as festas Flash, quando há uma batalha de fotógrafos, disputando os melhores cliques, e Wonderlândia, do DJ Ad, que mescla estilos como o rock e a eletrônica. Sedia hoje (dia 14) a edição de um ano do projeto Perversa, com discotecagem de Camilo Rocha e outros DJs. No domingo (16/8), o ator Evandro Santo toca hits de Madonna. Para quem adora carão.
Por que Bruno iria?
O austríaco se sentiria em casa no clube, principalmente na festa mensal Flash, que acontece aos sábados. No dia seguinte, fotos suas estariam bombando nos blogs mais “hypes” de SP.
www.clubegloria.com.br
R. Treze de Maio, 830, Bela Vista, região central, tel. 3287-3700. 500 pessoas. Proibido para menores de 18 anos. Qui. a sáb.: a partir das 24h. Dom.: a partir das 19h. Ingr.: R$ 20 a R$ 50. Há desc. c/ nome na lista p/ site. CC: AE, D, M e V. Valet (R$ 15).

THE WEEK

Aos sábados, um público fiel curte música eletrônica até o amanhecer. É o dia de as barbies (gays com os corpos sarados) desfilarem seus músculos esculpidos na academia durante a semana em camisetas apertadas e se atirarem nas duas fervidas pistas de dança. Hoje (dia 14), o clube abriga a festa Gambiarra (leia mais na pág. 114), a noite preferida do “povo do teatro”.
Por que Bruno iria?
Desprezado por Diesel, seu ex-namorado, no clube, o apresentador austríaco teria grandes chances de encontrar um novo amor. Após a estreia do filme no Brasil, nada será mais “in” do que ter um “affair” com Bruno.
www.theweek.com.br
R. Guaicurus, 324, Água Branca, região oeste, tel. 3868-9944. 2.600 pessoas. Proibido para menores de 18 anos. Sáb.: 24h às 8h. Dom.: 16h à 1h (mensalmente). Ingr.: R$ 45 (homem) a R$ 65 (mulher). Há desc. c/ flyer ou nome na lista p/ site. CC: AE, D, M e V. Valet (R$ 20). Reserva (somente p/ camarote).

PINK ELEPHANT

As noites temáticas levam uma galera endinheirada e famosos como o jogador Ronaldo para curtir um dos clubes mais caros da cidade. Na última sexta (dia 7), o tema da festa era “luxo e ostentação”, com direito até a uma chuva de dólares. “Aqui você encontra gente bem vestida. São emergentes, mas ninguém aponta”, explica Silvio de Abreu Neto, 35, consultor de moda de luxo.
Por que Bruno iria?
Para beber champanhe Dom Pérignon (R$ 1.050) em um dos camarotes, que custam entre R$ 2.500 e R$ 3.500.
www.pinkelephantclub.com.br
Edificio Dacon – r. Gumercindo Saraiva, 289, Jardim Europa, tel. 2769-2003. 500 pessoas. Proibido para menores de 18 anos. Qua. a sáb.: a partir das 23h. Ingr.: R$ 100 (mulher) e R$ 250 (homem). CC: AE, D, M e V. Valet (R$ 25).

COMPRAS

SHOPPING CIDADE JARDIM

Reduto de compra dos emergentes, tem academia, lojas de grife e bons restaurantes. Destaque para a pipoca de milho selecionado, feito com óleo de girassol e sal micronizado com cobertura de azeite extravirgem, trufa, shoyu com gengibre e quatro pimentas _a pequena custa R$ 11,25. Para jantar com uma vista para a marginal Pinheiros, mas sem sentir o “aroma” do rio, a opção é o restaurante Due Cuochi Cucina.
Por que Bruno iria?
Para se ver no telão do cinema mais caro da cidade e apreciar gente rica e bonita.
CINEMARK CIDADE JARDIM
Shopping Cidade Jardim – av. Magalhães de Castro, 12.000, Butantã, tel. 3758- 1670. Ingr.: R$ 17 a R$ 22 (salas 1 e 2: R$ 35 a R$ 46; sessão das 15h: R$ 4). Preços: Pipoca: R$ 6,25 a R$ 9 (c/ azeite ou cobertura doce: R$ 11,25 a R$ 14). Refrigerante: R$ 4 a R$ 6,25.
DUE CUOCHI JARDIM
Tel. 3758-2731. 94 lugares. Seg. a sáb.: 12h às 16h e 19h30 às 24h. Dom.: 12h às 20h. CC: AE, D, M e V. T: S, So e Te.

OSCAR FREIRE

Quem gosta de ver e ser visto não pode deixar de dar uma passadinha nesta rua aos sábados, principalmente, no trecho entre a rua da Consolação e a alameda Casa Branca. Para beber um café e badalar, a opção é a cafeteria Cristallo, quase na esquina da Oscar Freire com a Bela Cintra, onde um espresso sai por R$ 3,50.
Por que Bruno iria?
Porque ele adora badalação. Além disso, a cafeteria fica ao lado da sorveteria Häagen-Dazs, onde Bruno pode, caso bata uma depressão, cometer um “carboicídio” _como na hilária cena do filme na qual ele se entope de doces. Outra opção para o crime é a loja O Melhor Bolo de Chocolate do Mundo.
CRISTALLO
www.cristallo.com.br

R. Oscar Freire, 914, Cerqueira César, região oeste, tel. 3082-1783. 30 lugares. Seg. a sex.: 9h às 22h. Sáb.: 9h às 22h30. Dom.: 10h às 22h. CC: todos. T: Ti, V e Vv.
HÄAGEN-DAZS
R. Oscar Freire, 900, Cerqueira César, região oeste, tel. 3062-1099. 40 lugares. Seg. a qui. e dom.: 12h às 23h. Sex. e sáb.: 12h às 24h. Preço: R$ 8 (uma bola). CC: D e M.
O MELHOR BOLO DE CHOCOLATE DO MUNDO
www.melhorbolodechocolatedomundo.com

R. Oscar Freire, 125, Cerqueira César, região oeste, tel. 3061-2172. 18 lugares. Seg. a dom.: 10h às 21h. CC: AE, D, M e V. Valet (R$ 10).

Brüno

bruno_movie_poster

Se Borat foi considerado engraçado, transgressor, nojento ou abusivo, era porque ninguém conhecia ainda Brüno, personagem também criado por Sacha Baron Cohen, que chega hoje aos cinemas no filme homônimo.

O protagonista é um homossexual austríaco, apresentador de um programa de televisão especializado em moda, obcecado por celebridades e fama. A sua demissão, por conta de alguns incidentes, serve de desculpa para Brüno sair em busca do mundo e conquistá-lo. Dos Estados Unidos ao Oriente Médio, com uma rápida parada na África, o personagem leva por onde passa o humor sem limites — muitas vezes hilário, outras, grosseiro — do criador de Borat.

No Brasil, como na Austrália, “Brüno” é exibido numa versão um pouco mais curta do que a lançada nos Estados Unidos. Numa das cenas, por exemplo, não são mostradas todas as peripécias sexuais do personagem e seu amante nanico — ficou, na versão brasileira, apenas uma garrafa de champanhe presa em seu traseiro.

http://www.thebrunomovie.com/

Fashionistas, tremei

>> Vivian Whiteman

Os fashionistas que se levam muito a sério terão problemas para digerir as tiradas de Bruno. Da alienação vergonhosa ao deslumbre histérico pelas grandes grifes de moda, o ator Sacha Baron Cohen não dá trégua: explora o ridículo das “fashion victims” além de qualquer limite.
Segundo Bruno, namorados são as novas “it-bags” —o dele, aliás, se chama Diesel (como a famosa marca italiana).
Seu filho quer ser modelo? Bruno contrata minitops para um editorial de moda envolvendo cenas de crucificação e crianças submetidas a lipoaspiração.
Não sabe nada sobre o genocídio em Darfur? Bruno diz: não importa, desde que você conheça Karl Lagerfeld e Dolce & Gabbana.
Achou pesado? Pior ainda é notar que, no final das contas, os exageros de Bruno estão bem mais próximos da realidade do que o “mundinho” da moda gostaria de admitir.

« Older entries